21 julho 2008

F***ing Game





Estas semanas em repouso, pude repensar muitas coisas e ver como certas coisas estavam erradas e jamais mudariam.

Estava em um jogo, na qual eu era o lado que não jogava, esperando sempre que o outro lado vivesse e deixase o jogo de lado.

Pior ainda, perceber que para o jogador era tudo aparência, estar do meu lado para os outros, não pq fosse prazeroso ou pq enfim realmente gostava mas sim pelo que os outros achariam.

Todavia estar a 10 quadras da minha casa era longe, porém fazer 8 horas de viagem, perto.

Fora isso a afirmação de que eu estaria perdendo caso não estivessemos mais juntos.

Será que eu realmente estou perdendo, vejamos os fatos

Fiquei de cama por duas semanas, ele não veio me ver.

Não só isso como, deixou claro que na nossa cidade (onde todos se conhecessem) lá sim poderiamos nos ver, e o melhor detalhe de todos, nos encontrariamos em alguma das festas da cidade.

Simmm eu toda enfaixada dolorida com 10 dias de cirurgia e tendo que enfrentar altas baladas para estar com uma pessoa que não esta nem aí pra mim

Fora que da última vez que vim vê-lo ouvi um: "Olha só, não fica muito perto pq eu estou estressado" (is this normal?)

Ou coisas do tipo "acho que queremos coisas diferentes"

Ou o super xixi que ouvi por querer estar junto dele.

SIM, PEOPLE, A PESSOA ANORMAL QUE LHES ESCREVE AGUENTOU TODAS ESSAS GROSSERIAS.

E sabem o melhor ele ainda acha que eu estaria perdendo. Sim eu estaria perdendo uma pessoa sem um pingo de consideração, gentileza, alguem sem convicção sem a certeza do que quer ou espera das pessoas fadado a fracassar em todos os relaciomentos que enfrenta desse jeito; um ser que se ama acima de tudo a tal ponto que se torna vazio o suficiente para não conseguir olhar para o lado e perceber que ao seu lado havia uma pessoa que gostava muito dele.

Quando lembro dos momentos em que ele era legal, será que aquilo era real ou fingimento? Alguns sinais estavam na minha cara, pq eu não vi? como meu amigo me disse eu acreditava que um dia ele poderia ter outra atitude, que algum dia ele se mostraria de verdade, e então eu sentiria que estavamos vivendo a relação e não jogando.

O melhor de tudo é que hj de nada adianta atitudes diferentes, promessas e palavras vazias, o momento passou, e levou a fé q eu tinha na relação e nele.


neste momento a minha cabeça e o meu coração Mostram na tela:





GAME OVER

Nenhum comentário: