31 julho 2008

Atitude 2


Após alguém se sentir lesionado com a minha forma de expressão tão aberta e tão destemida sem intenção de envenenar ou magoar, tive que retirar um texto.

Isso me fez pensar como a simples intenção de abrir meu coração e colocar em palavras escritas o breve relato do que vinha sentindo pode ferir alguém ? o fiz por mim, nunca dei nomes, só sabiam do que se tratava, as partes envolvidas e ninguem mais.

Sei que ao escrever temos o poder de mudar tudo para o bem ou para o mal. Mas há momentos em o escrever é só por escrever.

Escrever pelo simples ato de liberar sentimentos e de expressar da forma mais direta o que relamente sou.

Lamento se algum dia feri os sentimentos de alguém, lamento se algum dia alguém sentiu que meus textos mudaram a sua vida para pior mas entendam.

AS MINHAS OPINIÕES SÃO MINHAS, e não abro mão delas.

Acretido ainda que são as atitudes que temos, e não as plavras que dizemos, as responsáveis pelas impressões que causamos. Por isso como disse em textos anteriores as pessoas com atitude tem o poder em suas mãos.

Aos que são desatentos com as atitudes pensem por um segundo antes de agir, esse segundo será o fator resposável pela vitória ou pelo fracasso no futuro.


X.O.X.O

Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo pouco que te conheci, dá pra dizer, com certeza, que uma das coisas mais valiosas que você tem é a sua capacidade de expressão; de expressar aquilo que está pensando na hora.

Nunca, nunca mesmo, deixe alguém te privar disso.

Não sei qual foi o caso e também não me interesso em saber. Mas aprendi que palavras podem machucar, sim, e que vale, às vezes, pensar um segundo antes de colocá-las para fora, eventualmente mudando um ou outro DETALHE para minimizar os impactos. Mas deixar de emitir uma opinião, nunca. Concordo com você.

Isso me lembra uma coisa que eu costumo dizer: não é por acaso que os termos "se magoar", "se machucar", "se ofender" levam a conjunção "se". É uma ação que a pessoa ESCOLHE fazer para si mesma. Nada mais que uma opção. Afinal, ninguém "ofende". É sempre o outro que "se ofende". Aquele que se expressou somente foi transparente no que pensa. E ainda bem que o foi! Aliás, como tem gente por aí - sadista, só pode ser - que adora "se ofender", hein!

Gostei do post.

Beijos pra você!!!
Erik